Cinco perguntas MaisLisboa sobre o estado do Pavilhão Carlos Lopes (Parque Eduardo VII)

1. Há um “protocolo de cedência” à Junta das Avenidas Novas (por 4 anos). a CML, contudo, nunca o efetivou… Porquê? Quem está a travar este contrato? A Junta ou a CML?

2. Segundo uma lei de 2003, uma parte das contrapartidas do Casino devia destinar-se à recuperação do pavilhão. Onde está a ser gasto esta verba?

3. O parque de estacionamento sob o pavilhão é da EMEL, uma empresa municipal… pelo menos os seus funcionários deveriam saber que as portas estavam abertas e que viviam pessoas no seu interior. Porque não agiram ou informaram os serviços da autarquia?

4. Recentemente, houve notícias de furtos de azulejos no pavilhão em 2009:
http://www.publico.pt/local-lisboa/jornal/camara-e-judiciaria-colaboram-para-salvaguardar-azulejos-305589
e http://www.geocidmadeira.com/default.aspx?Parametro_Accao=Conteudo&Parametro_Conteudo=Conteudos/Normais.ascx&Parametro_ObjectID=21127&Parametro_ClassID=30&Parametro_parentClassID=30 porque depois destas notícias a CML manteve o edifício abandonado, sem vigilância e de portas abertas?

5. A 16 de agosto, o MaisLisboa.org abriu uma ocorrência na “Na Minha Rua” da CML:
“Caro Munícipe MaisLisboa.org,
O seu pedido foi registado com sucesso e encaminhado para o serviço responsável que irá proceder à sua análise.
Informamos que submeteu os seguintes dados:
Nome: MaisLisboa.org
Ocorrência: Edifício, muro, escarpa ou talude degradado
Local: Parque Eduardo VII de Inglaterra Pavilhão Carlos Lopes Ponto de Referência: Porta do Pavilhão Carlos Lopes
Descrição: A porta de acesso ao Pavilhão está aberta, e permite o acesso livre ao interior, expondo o rico património azulejar a novos saques e vandalismos vários. É urgente que a segurança no acesso ao Pavilhão seja reposta, pelo menos, enquanto as obras de requalificação não arranca e se inaugura (finalmente!) o museu que está previsto para este espaço. O património municipal (datado de princípios do século XX), assim o exige.
Poderá consultar o estado do seu pedido no portal NA MINHA RUA,
utilizando o n.º OCO/64271/2014. “
http://naminharua.cm-lisboa.pt
P
orque é que que não houve ninguém da autarquia que nos meses em que a porta principal do pavilhão esteve aberta foi capaz de notificar os serviços responsáveis?

15_08_2014 13_24_13 15_08_2014 13_25_43 15_08_2014 13_26_58 15_08_2014 13_28_12 15_08_2014 13_29_31

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s